Barolo: O Rei dos Vinhos

Barolo: O Rei dos Vinhos

 

O Barolo foi caracterizado como “O Rei dos vinhos italianos” e também faz parte do grupo dos 5 B’s da Itália, que são os 5 tipos de vinhos mais importantes do país, sendo eles Barolo, Barbaresco, Barbera, Brunello e Bolgheri.

 

O que faz com que o Barolo seja um dos vinhos mais especiais do mundo é sua uva, Nebbiolo, que tem uma casca fina e são ricas em taninos e acidez. Uma das singularidades dessa uva é que ela, por ser de difícil cultivo, precisa de constante atenção, cuidado e controle, já que passa por envelhecimento em barris e garrafas. Esse envelhecimento se dá por anos, ou até mesmo por décadas, por isso é o vinho perfeito para colecionadores, mesmo podendo ser consumido antes, o ideal é ter uma guarda de 10 anos após sua produção e, de uma forma geral, após 15 anos ele atinge sua plenitude.

 

A uva Nebbiolo evolui muito bem na região do Piemonte, um lugar conhecido por produzir alguns dos vinhos mais importantes do país, assim como a Toscana, que também produz excelentes rótulos. O Piemonte fica no noroeste da Itália, fazendo divisa com a França, rodeada pelos Alpes.

 

Os vinhos produzidos nessa região são considerados tão importantes e conhecidos quanto os da Borgonha, França.

Os vinhedos do Barolo ocupam em torno de 1.700 hectares, nessa região são cultivados também avelãs e pêssegos.

 

Um pouco de história

 

Há registros na história de que o cultivo de Nebbiolo, no Piemonte, começou em torno de 1235 d.C, porém, nessa produção eram utilizadas técnicas inadequadas, o que resultava em um vinho inconstante, porém doce e leve. Essa produção fez com que a nobreza italiana procurasse com afinco os vinhos franceses, conhecidos por sua alta qualidade.

 

Em determinado momento a Marquesa Falleti di Barolo, uma francesa naturalizada italiana, se casou com Carlo Tancredi Faletti di Barolo, nada menos que o dono do palácio Barolo. Mesmo sendo francesa, ela não aceitava a preferência dos italianos pelo vinho francês, logo, contatou um dos enólogos mais importantes da época, o Louis Oudart, para ajudá-la na produção do vinho italiano.

 

Essa movimentação resultou em um vinho conhecido por seu sabor singular, que tem origem na quantidade de taninos presentes em sua composição, o que o torna intenso e concentrado.

 

Definitivamente o Rei dos Vinhos.

 

O Umberto Fiore Barolo DOCG é elegante, refinado e estruturado, saiba mais detalhes sobre ele clicando aqui.

 

Para informações sobre compra, entre em contato no telefone (11) 3044-1116 e fale com um de nossos vendedores.

 

Compartilhe