A Páscoa perfeita com a harmonização de 3 vinhos italianos

A datas comemorativas vem e vão. Mas o que não muda sobretudo em todas elas é o conceito de tradição. Já estamos novamente em mais um período de quaresma e quando pensamos na Páscoa, pensamos fatalmente em alimentos típicos para a ocasião e a Páscoa perfeita harmoniza com vinhos.

Bacalhau e Chocolate são sinônimos de tradição

O bacalhau e o chocolate certamente não podem faltar, correto? São semelhantes ao Panetone e as tradicionais aves da Ceia de Natal. Há regras para harmonizar essas iguarias? Sim. Mas assim como existem as regras, existe o gosto próprio, o paladar pessoal.

Quem decide pelo vinho é o rei, o consumidor

Então quem é rei não deve ter medo arriscar, de simplesmente escolher o seu vinho baseado naquela sensação ou gosto que deseja encontrar. Agora, se você quer sugestões baseadas na paridade, ou seja, no que combina tradicionalmente, ou no que pode deliciosamente dar também super certo, eu estou aqui, neste texto, te dando algumas indicações de comidas típicas da Páscoa com três de nossos excelentes vinhos italianos para harmonizar.

O Caminho da Sabedoria é Não Ter Medo de Errar – Mergulhe em novos experimentos, mas se preferir eu te ajudo.

Existe uma frase famosa do escritor Paulo Coelho que diz que “o caminho da sabedoria é não ter medo de errar” e isto está correto. Como aprender se não errarmos ? Pois é justamente no erro que testamos e que descobrimos o que nos agrada e o que também nos desagrada.

É no conhecimento prático, empírico, antes de tudo é que a magia muitas vezes se faz presente. Estamos vivendo um período que temos que ser mais leves, descobrir algo que nos agrada, aventurar – se na cozinha, mergulhar a boca prazerosamente em uma taça de vinho, é tudo que merecemos. Então sem mais complicações por que acima de tudo, precisamos é de mais felicidade, porque as delicias do paladar estão te esperando nesta Páscoa, afinal a Páscoa perfeita harmoniza com vinhos.

O Bacalhau e os 3 tipos de vinhos italianos. Te dou algumas dicas

Com qual ou quais vinhos harmonizar o tradicional bacalhau da sexta-feira santa?

Essa é uma harmonização que sempre gera dúvidas, mas o segredo está basicamente no tipo de preparo e também nos ingredientes que podem estar presentes nos desdobramentos que temos, antes de tudo, nas receitas de bacalhau ou na variação do bacalhau em bolinho frito (e porque não?) ideais para o almoço da sexta-feira santa! Se vamos para a tradição cultural, os portugueses preferem os tintos estruturados e de médio corpo para acompanhar.

Já nós, os brasileiros, apreciamos os vinhos brancos de médio corpo e mais leves. Lembre-se sempre: bacalhau para o brasileiro é considerado carne branca e como carne branca caímos fatalmente na regra: harmoniza com vinhos brancos! E nessa disputa cultural entre tintos ou brancos, ninguém fala sobre o curinga que harmoniza com tudo, o espumante brut!

Então vamos para as opções de vinhos italianos que selecionei especialmente aqui e as suas possibilidades, levando em consideração o bacalhau, os seus ingredientes complementares e o método de cocção utilizado, primordialmente, o cozimento de cada um dos tipos:

Bolinho de Bacalhau – Fritura – basicamente somente o bacalhau, sal e salsinha, o que combina com vinhos de boa acidez e refrescância – Sugestão: espumante brut ou vinho branco.

Espumante brut: Riondo Collezione SOAVE Brut

Vinho branco: Casa Lunardi Sauvignon Blanc IGT

Bacalhau em Postas – Cozimento no fogo – acompanha tomate, pimentão, azeitona, azeite, cebola – Aqui, um vinho branco  de corpo médio, um pouco mais estruturado, ou um tinto com boa intensidade de fruta. Sugestão: vinho branco ou vinho tinto.

Vinho branco: Casa Lunardi Sauvignon Blanc IGT

Vinho tinto: Juvenis Primitivo di Manduria DOP

Brandade de Bacalhau – Estufado / Gratinado – Bacalhau, queijos (parmesão), creme de leite, batata assada, salsinha. Acompanha vinhos brancos leves ou tintos de média estrutura com taninos macios. E porque não o mestre do curingas em qualquer harmonização, o espumante brut? Sugestão: espumante brut ou vinho tinto.

Espumante brut: Riondo Collezione SOAVE Brut

Vinho tinto: Juvenis Primitivo di Manduria DOP

O chocolate não pode faltar. Harmonize chocolate com vinho

Com qual vinho harmonizar o chocolate? 

Ah, o chocolate! Como não ama-lo? De certo existem tipos clássicos para harmoniza-lo, um exemplo de vinho de sobremesa exemplar é o fortificado e francês Banylus. Mais podemos combina-lo com um vinho de mais fácil acesso? A resposta é sim! A Páscoa perfeita harmoniza com vinhos.

Aqui, com um vinho de castas que exprimem um dulçor natural, mesmo sendo secos no paladar, a exemplo, vinhos da casta Primitivo quando das regiões de Salento ou Manduria, que tendem naturalmente a possuir notas mais evidentes de cacau, chocolate e de especiarias doces. Mas não se esqueça: o chocolate deve ter um bom percentual de cacau (entre 70 a 80%). Fuja dos do tipo ao leite! Sugestão: vinho tinto.

Vinho tinto: Juvenis Primitivo di Manduria DOP

Buona Pasqua a Tutti!