fbpx

Bocelli Chianti DOCG

SAFRA: 2020

PRODUTOR: 1831 Bocelli

icone_regiao Italia – Toscana – Pisa 

icone_uva 80% Sangiovese, 10% Merlot, 10% Colorino

icone_vinificacao Vinificação:

Este Chianti DOCG estagiou 3 meses tanques de aço inoxidável, 3 meses  tanques de cimento mais 1 mês em garrafa.

icone_visao Vermelho rubi brilhante.

icone_olfato Aromas ricos e profundos de flores e frutas, trazendo um final de chocolate meio amargo, ligeira picância e frutas maduras.

icone_paladar Corpo médio e de fácil agradabilidade no paladar.

icone_sabor Massa com ragú com molho de tomate, massa recheada com carne, pizzas, carpaccio bovino, salames e queijos maturados.

icone_madeira Sem madeira

icone_madeira 16ºC – 18ºC

icone_alcool 13,5%

 

PRODUTOR

Fundada por Bartolomeo Bocelli, em 1730, a propriedade soma quase três séculos de existência e, desde o início mantém suas raízes na relação da família com a terra, através do cultivo de grãos, animais, mel, azeite de oliva e principalmente do vinho.

Esta tradição familiar se faz presente até nos nomes dos herdeiros da propriedade, todos iniciados com a letra “A” desde o avô paterno de Andrea e Alberto Bocelli.

Localizada na região da Toscana, a fazenda ocupa uma área que concentra vinhas com mais de 70 anos e cresce no cultivo de varietais toscanas como as castas Sangiovese, Canaiolo, Colorino, Malvasia e Trebbiano. Atualmente, a Bocelli Family Wines recepciona visitantes do mundo todo para degustar seus vinhos excepcionais e conhecer a cultura italiana através da música e do vinho.

CARACTERÍSTICAS DO VINHO

De cor vermelho rubi intenso e brilhante. Aromas ricos e profundos de flores e frutas, trazendo um final de chocolate meio amargo, ligeira picância e frutas maduras. Corpo médio e de fácil agradabilidade no paladar. Acompanha massa com ragú com molho de tomate, massa recheada com carne, pizzas, carpaccio bovino, salames e queijos maturados.

 

 

 

 

Comentário da Sommelière

“1831 é o ano que  marca a fundação da já fazenda da famiglia Bocelli, que a partir desta data decide empenhar-se muito mais na produção de vinhos. Este bello Chianti DOCG, traz em seu corte o corte semelhente ao autorizado no Chianti Classico: Sangiovese em seu maior percentual e  sempre presente para a denominação, a uva Merlot, que num tempo mais recente foi autorizada ao blend de Chianti Classico, assim como a famosa uva Colorino. Um vero Chianti DOCG, rico na fruta (cereja) nas notas florais, além de uma leve picância no paladar, que o torna um vinho especial e veramente gastronômico” 

Vanda Meneguci